Siga-nos nas Redes Sociais  https://www.facebook.com/catim.pt

ATEX

Existem duas Diretivas ATEX:

- A Diretiva 1999/92/CE (transporta pelo DL 236/2003) relativa às prescrições mínimas destinadas à melhoria da protecção da segurança e da saúde dos trabalhadores susceptíveis de serem expostos a riscos derivados de atmosferas explosivas;

- A Diretiva 2014/34/EU (transposta pelo 111-C/2017) sobre aparelhos e sistemas de protecção destinados a ser utilizados em atmosferas potencialmente explosivas; (ver nota)

O CATIM realiza avaliações no âmbito das Diretivas ATEX, identificando e classificando as zonas com atmosferas potencialmente explosivas (Diretiva 1999/92/CE), e verificando a adequação dos equipamentos e sistemas de protecção (Diretiva 2014/34/EU).

Estas avaliações tem sido efectuadas nas mais diversas empresas e sectores (metalomecânica, eléctrica, alimentar, química, madeiras, etc), resultando para a empresa o conhecimento sobre os riscos envolvidos e um conjunto de recomendações importantes para salvaguardar da segurança de trabalhadores e bens.

A abordagem que trás mais benefícios para as empresas, é quando se considera as Directivas ATEX na fase de projecto de novas instalações, máquinas ou processos, pois conseguem-se reduções muitos grandes no valor dos investimentos pela optimização / redução da dimensão das zonas classificadas como ATEX.

Como exemplo do sucesso desta abordagem, podemos referir o caso de uma empresa da indústria alimentar, que solicitou ao CATIM colaboração na fase de projecto de uma nova instalação que incluía o armazenamento, transporte e processamento de substâncias inflamáveis. A intervenção nesta fase embrionária do projecto, permitiu que fossem definidos lay-outs, controlos de fontes de fuga e selecção de equipamentos de protecção e operação em zonas ATEX, que tiveram como resultado uma redução das zonas classificadas e um menor número de equipamentos com necessidade de certificação ATEX, e como tal com um preço de mercado muito inferior.

Numa instalação já em funcionamento, da avaliação deve resultar também um conjunto de recomendações que tenham como preocupação diminuir os custos de alteração de processos e substituição de alguns equipamentos.

 

Para mais informações:

Unidade de Engenharia e Segurança de Equipamentos

catim@catim.pt

telefone: 226 159 000

Missão

O CATIM, centro de apoio tecnológico à indústria metalomecânica é uma instituição privada de utilidade pública sem fins lucrativos, que resultou da associação de interesses, de empresas industriais e respectivas associações com organismos públicos.

Foi criado no âmbito do Decreto-Lei n.º 249/86 de 25 de Agosto, com as alterações que lhe foram introduzidas pelo D.L. 312/95 de 29 de Novembro e registado como Instituição de Utilidade Pública, conforme publicação no Diário da República n.º 15, II série de 87-01-19, na Conservatória do Registo Comercial do Porto, Matricula N.º 2, detentor do número de contribuinte n.º 501 630 473.

 A sua Missão é a de contribuir para a inovação e competitividade das indústrias nacionais da metalomecânica e sectores afins ou complementares.

 

 

Serviços

da indústria para a indústria

Catim

Newsletter Formação Catim

Saiba tudo sobre as próximas formações!

Registe-se aqui.