Certificação de Produtos / Marcação CE

1.     ORGANISMO NOTIFICADO

O CATIM está reconhecido como Organismo Notificado com o Nº 0464 nos seguintes âmbitos e esquemas de certificação:

Produto

Âmbito

Esquema de Certificação

Demonstração do reconhecimento

Máquinas

Diretiva

2006/42/CE de 17 de maio

Módulo B: Exame CE de Tipo

IPAC (acreditação)

NANDO

Aparelhos a Gás

Regulamento nº 2016/426 de 09 de março

Módulo B: Exame UE de Tipo

Módulo C2: conformidade com o tipo baseado no controlo interno da produção e controlos supervisionados a intervalos aleatórios

Módulo D: conformidade baseada na garantia da qualidade do processo de produção

Módulo G: conformidade na verificação por Unidade

IPAC (acreditação)

NANDO

Panelas de Pressão

 

Diretiva

2014/68/EU de 15 de maio

Módulo B: Exame UE de Tipo

Módulo C2: conformidade com o tipo baseado no controlo interno da produção e controlos supervisionados a intervalos aleatórios

 

IPAC (acreditação)

NANDO

 

2.     FLUXOGRAMA GERAL

(colocar fluxograma)

3.     CONTRATO DE CERTIFICAÇÃO

O Contrato de certificação é o documento que define as relações entre o CATIM e o CLIENTE no âmbito dos processos de certificação (Marcação CE).

Este contrato aborda os seguintes itens:

- Identificação do CLIENTE e do produto objeto de certificação

- Identificação do âmbito do serviço (Diretiva / regulamento, esquema de certificação)

- Procedimento de certificação

- Preço e condições de pagamento

- Direitos e deveres do CATIM e do Cliente

- Requisitos de concessão da certificação

- Manutenção da Certificação

- Alterações que afetem a certificação

- Redução e extensão da certificação

- Anulação e suspensão da certificação

- Reclamações e recursos

Após preenchimento do formulário por parte do CLIENTE o CATIM elabora uma proposta de serviço que substancia o Contrato de Certificação após aceitação por parte do primeiro.

Produto

Âmbito

Esquema de Certificação

Documentos (em anexo)

Máquinas

Diretiva

2006/42/CE

Módulo B: Exame CE de Tipo

PE.UCP.01.MAQ

Formulário de candidatura

Contrato de Certificação 

Tratamento de recursos

Tratamento de reclamações

Aparelhos a Gás

Regulamento nº 2016/416

Módulo B: Exame UE de Tipo

PE.UCP.01.AG

Formulário de candidatura

Contrato de Certificação 

Tratamento de recursos

Tratamento de reclamações

Módulo C2: conformidade com o tipo baseado no controlo interno da produção e controlos supervisionados a intervalos aleatórios

PE.UCP.02.AG

Formulário de candidatura

Contrato de Certificação 

Tratamento de recursos

Tratamento de reclamações

Módulo D: conformidade baseada na garantia da qualidade do processo de produção

PE.UCP.03.AG

Formulário de candidatura

Contrato de Certificação

Tratamento de recursos

Tratamento de reclamações

Módulo G: conformidade na verificação por Unidade

PE.UCP.04.AG

Formulário de candidatura

Contrato de Certificação

Tratamento de recursos

Tratamento de reclamações

Panelas de Pressão

 

Diretiva

2014/68/UE

Módulo B: Exame UE de Tipo

PE.UCP.01.ESP

 

Formulário de candidatura

Contrato de Certificação

Tratamento de recursos

Tratamento de reclamações

Módulo C2: conformidade com o tipo baseado no controlo interno da produção e controlos supervisionados a intervalos aleatórios

PE.UCP.02.ESP

 

Formulário de candidatura

Contrato de Certificação

Tratamento de recursos

Tratamento de reclamações

4.     TRATAMENTO DE RECURSOS

O recurso na sequência de uma decisão no âmbito da certificação deve ser dirigido pelo CLIENTE ao Responsável da Qualidade da UCP no prazo máximo de 60 dias após receoção da referida decisão

(incluir fluxograma)

5.     TRATAMENTO DE RECLAMAÇÕES

A reclamação na sequência de uma decisão no âmbito da certificação deve ser dirigido pelo CLIENTE ao Responsável da Qualidade da UCP no prazo máximo de 30 dias após recepção da referida decisão.

(incluir fluxograma)

6.     CERTIFICAÇÕES

O acesso às certificações pode efectuada através dos seguintes links:

- Certificações em vigor (link)

- certificações suspensas (link)

- Certificações anuladas (link)

Missão

O CATIM, centro de apoio tecnológico à indústria metalomecânica é uma instituição privada de utilidade pública sem fins lucrativos, que resultou da associação de interesses, de empresas industriais e respectivas associações com organismos públicos.

Foi criado no âmbito do Decreto-Lei n.º 249/86 de 25 de Agosto, com as alterações que lhe foram introduzidas pelo D.L. 312/95 de 29 de Novembro e registado como Instituição de Utilidade Pública, conforme publicação no Diário da República n.º 15, II série de 87-01-19, na Conservatória do Registo Comercial do Porto, Matricula N.º 2, detentor do número de contribuinte n.º 501 630 473.

 A sua Missão é a de contribuir para a inovação e competitividade das indústrias nacionais da metalomecânica e sectores afins ou complementares.

 

 

Serviços

da indústria para a indústria

Catim