Segurança no Trabalho para Trabalhadores Designados

OBJETIVOS

No final da ação os formandos deverão ser capazes de: 

1. Cumprir com as obrigações legais referentes a Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho (SHST)

2. Identificar os riscos de exposição a que estão expostos os trabalhadores;

3. Identificar ações de minimização, prevenção e controlo dos riscos identificados;

4. Definir medidas de atuação em caso de emergência (nomeadamente, combate a incêndios);

5. Organizar os serviços de SHST na empresa;

6. Sensibilizar outros colaboradores para a necessidade de cumprimentos dos requisitos e normas de SHST nos locais de trabalho

DESTINATÁRIOS

Representantes dos trabalhadores, representantes do empregador, no caso da empresa possuir serviços de HST comuns ou externos.

Representante do empregador responsável pelas atividades de HST em estabelecimentos com um máximo de 10 trabalhadores.

PROGRAMA

CONCEITOS BÁSICOS DE SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO TRABALHO (SHST)

  • Introdução à Prevenção de Riscos Profissionais;
  • Quadro normativo em matéria de Prevenção de Riscos Profissionais

RISCOS GERAIS E SUA PREVENÇÃO

  •  Riscos relacionados com as condições de Segurança
  • Riscos relacionados com o meio Ambiente de Trabalho

  • Carga de Trabalho, Fadiga e Insatisfação laboral

  • Sistemas elementares de Controlo de Riscos: proteção Coletiva e Individual

  • Noções básicas de atuação em caso de emergência e evacuação

  • Primeiros Socorros

  • Controlo da Saúde dos Trabalhadores

ELEMENTOS BÁSICOS DE GESTÃO DA PREVENÇÃO DE RISCOS PROFISSIONAIS

  • Organização e gestão da prevenção na empresa
  • Organismos públicos relacionados com a SHST

RISCOS ESPECÍFICOS E A SUA PREVENÇÃO NO SECTOR CORRESPONDENTE À ACTIVIDADE DA EMPRESA

  • Caracterização do sector Metalomecânico
  • Legislação sectorial aplicável

  • Estatísticas de sinistralidade

  • Riscos específicos

  • Medidas de prevenção de riscos específicos 

A frequência deste curso permite o reconhecimento por parte da ACT das competências necessárias ao desempenho da função como trabalhador designado.

ORGANIZAÇÃO DA FORMAÇÃO

Formação Presencial

METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO

Avaliação contínua, através de indicadores como participação, interesse demonstrado, capacidade de aprendizagem. Provas e/ou trabalhos propostos pelo formador e realizados no decorrer da formação.

DATAS DA FORMAÇÃO

7, 8, 14 e 15 de novembro de 2017

CARGA HORÁRIA | HORÁRIO | LOCAL

30 Horas | Das 9:00 às 17:30 | CATIM - Porto

PREÇO

Sócio CATIM – 264€ |Sócio AIMMAP – 297€ | Não sócio 330€ | Formação Isenta de IVA

 

Duração/Local: 
30 Horas | Porto
Horário: 
Laboral
Data: 
Terça, 7 Novembro, 2017 até Quarta, 15 Novembro, 2017

Missão

O CATIM, centro de apoio tecnológico à indústria metalomecânica é uma instituição privada de utilidade pública sem fins lucrativos, que resultou da associação de interesses, de empresas industriais e respectivas associações com organismos públicos.

Foi criado no âmbito do Decreto-Lei n.º 249/86 de 25 de Agosto, com as alterações que lhe foram introduzidas pelo D.L. 312/95 de 29 de Novembro e registado como Instituição de Utilidade Pública, conforme publicação no Diário da República n.º 15, II série de 87-01-19, na Conservatória do Registo Comercial do Porto, Matricula N.º 2, detentor do número de contribuinte n.º 501 630 473.

 A sua Missão é a de contribuir para a inovação e competitividade das indústrias nacionais da metalomecânica e sectores afins ou complementares.

 

 

Serviços

da indústria para a indústria

Catim