Gestão dos Equipamentos de Medição e Monitorização (EMM's) - Ref.ª GEMM

OBJETIVOS

No final da ação os formandos deverão ser capazes de:

1. Organizar o sistema de gestão dos equipamentos de medição e monitorização

2. Adquirir, rececionar, avaliar e controlar os equipamentos de medição.

DESTINATÁRIOS

Diretores da Qualidade e/ou Responsáveis pelo Sistema de Gestão de Equipamento de Medição em empresas industriais. Diretores e Responsáveis Técnicos de Laboratórios de Calibração e/ou Ensaio.

PROGRAMA

CONCEITOS INTRODUTÓRIOS ASSOCIADOS À GESTÃO DE EQUIPAMENTOS

- Acreditação e outros reconhecimentos de entidades metrológicas

- Introdução aos conceitos principais do Vocabulário Internacional de Metrologia (VIM)

- Breve abordagem à ISO 10012 “Measurement management systems”

ADEQUABILIDADE DOS EQUIPAMENTOS DE MEDIÇÃO

- Requisitos de medição

- Definição de critérios de aceitação

- Calibração vs verificação metrológica

- Determinação das Periodicidade de calibração (OIML D101), entre outros)

- Equipamentos sujeitos a calibração vs verificação (interna e externa)

- Adequabilidade dos equipamentos à especificidade das atividades de monitorização e medição realizadas na organização

ANÁLISE E VALIDAÇÃO DE CERTIFICADOS DE CALIBRAÇÃO/RELATÓRIOS DE ENSAIO (CONFIRMAÇÃO METROLÓGICA)

- Principais fontes de variação das medições (repetibilidade, reprodutibilidade, entre outros)

- Casos práticos

- Breve visita ao um Laboratório CATIM

1) OIML D10: Guidelines for the determination of calibration intervals of measuring instrument

Duração/Local: 
14 Horas | Porto
Horário: 
Laboral
Data: 
Terça, 11 Setembro, 2018 até Quarta, 12 Setembro, 2018

Missão

O CATIM, centro de apoio tecnológico à indústria metalomecânica é uma instituição privada de utilidade pública sem fins lucrativos, que resultou da associação de interesses, de empresas industriais e respectivas associações com organismos públicos.

Foi criado no âmbito do Decreto-Lei n.º 249/86 de 25 de Agosto, com as alterações que lhe foram introduzidas pelo D.L. 312/95 de 29 de Novembro e registado como Instituição de Utilidade Pública, conforme publicação no Diário da República n.º 15, II série de 87-01-19, na Conservatória do Registo Comercial do Porto, Matricula N.º 2, detentor do número de contribuinte n.º 501 630 473.

 A sua Missão é a de contribuir para a inovação e competitividade das indústrias nacionais da metalomecânica e sectores afins ou complementares.

 

 

Serviços

da indústria para a indústria

Catim